Xiaomi vendeu 50% mais celulares do que no ano passado

A Xiaomi confirma que vendeu 50% mais celulares do que no ano passado. O ano de 2020 não será lembrado com alegria por muitos, mas certamente não será o caso da Xiaomi. A empresa chinesa experimentou um recorde absoluto de vendas de seus smartphones, atingindo 46,6 milhões de telefones vendidos no terceiro trimestre de 2020. Isso se traduz em um crescimento espetacular de 45,3% em relação ao mesmo período de 2019.

Falando em números, o número total de telefones vendidos entre 1 de julho e 30 de setembro de 2020 rendeu à Xiaomi 7,2 bilhões de dólares. Com todos esses números, a Xiaomi já é a terceira maior marca de smartphones do mundo, com 13,5% do mercado.Xiaomi confirma: Eles venderam 50% mais celulares do que no ano passadoXiaomi confirma ter vendido 50% mais celulares do que no ano passado

A Xiaomi também publicou seu relatório financeiro global para o terceiro trimestre deste ano, no qual ganhou US $ 10,9 bilhões. Isso representa um boom de 34,5% em comparação com os mesmos três meses de 2019. Falando em lucro líquido, isso foi de US $ 621 milhões.

  Aparentemente, o termo mais pesquisado no Bing é “Google”

Já dissemos neste artigo que os smartphones mais vendidos são os de gama média e baixa. Goste ou não, a Xiaomi sempre foi considerada uma empresa de produtos acessíveis (embora nos últimos tempos tenha lançado smartphones mais caros no mercado), colocando a tecnologia ao alcance de todos os bolsos. Nesse sentido, o preço médio dos smartphones da Xiaomi é de US $ 155.

A Xiaomi confirma que vendeu 50% mais celulares do que no ano passado. Por fim, no que diz respeito ao mercado fora da Ásia, todas as notícias que chegam não fazem nada além de reafirmar o grande momento que a Xiaomi desfruta. A receita do resto do mundo no terceiro trimestre de 2020 foi de 6,03 bilhões de dólares, 52,1% a mais que no ano anterior.